Comida de verdade ao Meu Estilo Paleo

Muito se tem ouvido falar nesta expressão. Cada vez mais está na moda falar em comida de verdade. Vamos saber o que isso significa?

De onde vem a expressão comida de verdade?

Esta expressão começa quando Loren Cordain traz para os nossos dias o Estilo de Vida do Paleolítico. Ele provou, e continua a provar a cada estudo que faz com a sua equipa, que a dieta que os nossos antepassados faziam desde há 4 milhões de anos até ao aparecimento da agricultura é aquela para a qual os nossos genes estão programados. Ao assumir na nossa vida o Estilo Paleo, os nossos corpos vão assumir as caraterísticas atléticas e saudáveis dos nossos antepassados. As chamadas doenças do século XX e XXI (aterosclerose, diabetes tipo 2, alzheimer, entre outras) assim como a obesidade cada vez mais comum em qualquer idade, os problemas cardíacos que antes apareciam na terceira idade a surgir agora em crianças, vão tender a desaparecer se efetivamente houver uma reeducação alimentar.

 

Afinal o que é comida de verdade?

Instintivamente reconhecemos a comida de verdade: é aquela que está naturalmente presente na natureza, que alimenta e sacia, que não precisa de transformações e aditivos para se transformar em algo apetecível.

  • A comida de verdade é perecível e não vem empacotada;
  • A comida de verdade tem sabor e cores vibrantes, enche os olhos e sacia;
  • A comida de verdade não tem conservantes, corantes, intensificadores de sabor e nomes impronunciáveis na lista de ingredientes;
  • A comida de verdade é reconhecida pelo nosso corpo, torna-o melhor e mais saudável e dá-lhe energia constante ao longo do dia;
  • A comida de verdade está no mercado local, junto dos agricultores que acarinharam a terra e dela brotaram as alfaces, os tomates, as couves, as abóboras e beringelas, os pimentos e todos os legumes e todas as verduras que conhecemos… ou não;
  • A comida de verdade está na lota, onde os pescadores acabaram de chegar com o pescado fresco e saboroso;
  • A comida de verdade está no talho da esquina, onde o Sr. Manuel prepara cuidadosamente cada pedaço de carne que vende;

 

E a lista poderia continuar…

Mas, o mais importante é saber entender o conceito. Antes de dar opinião, é fundamental que qualquer pessoa que o queira fazer se familiarize com o conceito, estude, informe-se e leia os estudos científicos que estão à disposição de qualquer pessoa.
Apresento aqui uma lista dinâmica de referências para todos os que querem um estudo mais sério. Todo e qualquer artigo ou informação que coloco no site é escrito depois de estudar o assunto. Mas ainda tenho muito que aprender e muitos livros e sites a acrescentar à lista, por isso a chamo de dinâmica. Tens uma sugestão para mim? Deixa-a, por favor, nos comentários. Garanto-te que será bem-vinda e merecedora de toda a atenção. Se se enquadrar, será inserida na lista dinâmica.

Voltando à comida de verdade

É fácil descobrires se o que está presente na tua alimentação diária é comida de verdade. Faz uma viagem no tempo e pergunta se o teu bisavô reconheceria o que tens no frigorífico, na despensa ou no congelador. Aqueles empacotados, os processados, as refeições pré cozinhadas, os snacks… são tudo invenções com o único objetivo de vender. Os sabores são estudados e testados para que a maioria das pessoas sinta prazer. Os nomes são escolhidos criteriosamente para descargo de consciência de quem está a comer.
Depois vem os light, os zero, os sem açúcar (mas com adoçantes), etc… Todos estes produtos que precisam de uma indústria para chegarem até nós não se enquadram no conceito de comida de verdade.
Podes ler os 4 passos para otimizares a tua saúde e que te podem permitir mudar para o Estilo Paleo

Comida de verdade ao Estilo Paleo

Quando o conceito de comida de verdade é abordado no Estilo Paleo, assume-se que a alimentação é baseada no que comiam os nossos antepassados de há 500 gerações, ou seja, quando ainda éramos caçadores- recolectores. Assim a comida de verdade inclui essencialmente frutas, legumes, vegetais, carnes, peixe e mariscos e frutos secos. Entende-se que os cereais são um produto desenvolvido pela agricultura e que os nossos corpos ainda não estão assim tão habituados a estes alimentos.

Por falar em agricultura…

 

No seu livro, Loren Cordain fala que ele e a sua equipa confirmaram que os corpos dos nossos antepassados do Paleolítico eram esbeltos, tendo em média 1,75 m e um peso médio de 72 kg. Na nossa visão de hoje, um ser humano com estas medidas e este peso é atlético. Curiosamente, foi também detetado, através das suas investigações, que os corpos das pessoas do Egipto, aquando do aparecimento da agricultura, começa a ter uma estatura menor, cerca de 1,65 m e apresentam sinais de obesidade. É também no Egipto que surgem as primeiras cáries dentárias. Assim, uma excelente sugestão de leitura para quem que aprofundar este assunto é o livro de Loren Cordain, “A Dieta do Paleolítico”
  • Faz sentido para ti este conceito?
  • Já paraste pare ver a quantidade de comida de verdade que tens na tua cozinha?
  • Talvez seja a hora de voltar a leres o passo 2 – limpezas…
Comenta, partilha, se faz sentido para ti e se achas que outros possam beneficiar desta informação.
Tranquilamente,
Bela

Como continuar a receber conteúdo de qualidade?

  • Em primeiro lugar, todas as sextas feiras envio para os meus contatos um email com informações e com o resumo do que aconteceu na semana. Se queres receber, clica no atalho abaixo e diz-me em qual dos teus emails queres receber as minhas dicas.
  • Além disso, na plataforma Udemy tenho um curso que te ensina, passo a passo, como podes criar o Teu Estilo Paleo.

Podes encontrar-me, igualmente, nas redes sociais e no YouTube

  • Se queres seguir tudo o que se passa, a Página

Meu Estilo Paleo

é o elo de ligação entre toda a minha presença online.

  • Para um apoio individualizado e especializado, segue a minha página de

Coach e Mentoring

  • Além disso, podes vir fazer parte do nosso grupo no facebook

Grupo Meu Estilo Paleo

  • Queres ter tudo organizado e com um acesso fácil?

Podes seguir o nosso algum no Pinterest

  • Todas as 4ª feiras sai no nosso canal do YouTube um vídeo. Por isso convido-te a te inscreveres no atalho seguinte:

Podes te inscrever aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *