Falta de Energia versus Ter Fome – Qual a tua realidade?

Falta de Energia versus Ter Fome – Qual a tua realidade?

O que realmente tens? Falta de energia ou fome?

Aprende a diferenciar as duas coisas.

Energia versus Fome

Muitas vezes ouve-se as pessoas falarem:
– Tenho que comer qualquer coisa, estou sem energia!
E sim, efetivamente, os alimentos dão-nos energia. Mas, no Meu Estilo Paleo falamos sempre em comer quando tens fome e não quando tens falta de energia. Qual a diferença?

A Fome

já falei neste artigo sobre os 3 tipos de fome:
  • emocional
  • por hábito
  • real.
Aqui vamos apenas pensar na fome real. A fome surge quando o corpo necessita de nutrientes. Então, quando isso acontece, o correto é procurarmos alimentos ricos em nutrientes de forma a que as necessidades do nosso organismo sejam repostas.

A falta de Energia

A falta de energia, geralmente acompanhada de sonolência, por norma, é sentida após uma refeição densa em termos calóricos, principalmente se as calorias ingeridas vierem diretamente de hidratos de carbono simples. Ou seja, ao colocarmos no nosso organismo uma quantidade acima da necessária de hidratos de carbono, vamos ter uma subida do açúcar no sangue. Como essa subida é prejudicial para o nosso organismo, o corpo reage, libertando uma elevada quantidade de insulina para regular o açúcar. Após essa libertação, de insulina, o açúcar baixa e, regra geral, dá-se uma hipoglicémia. Então, nos primeiros momentos, devido ao açúcar, estamos cheios de energia, como as crianças nas festas de aniversário e, algum tempo depois sonolentos.
Estes dois estados, de Fome e de falta de Energia, geralmente são tratados da mesma forma, com comida. E, a maior parte das vezes, não os diferenciamos.

O que se faz no Meu Estilo Paleo?

Quando queremos otimizar a nossa saúde com a alimentação, primeiro começámos por escolher corretamente os nossos alimentos. Assim, em vez de termos a tão conhecida falta de energia, vamos identificar a fome. Deixamos de lado a sonolência e, quando a fome surge, entramos em estado de alerta, o nosso instinto de sobrevivência entra em ação. Os picos de açúcar e as hipoglicémias deixam de fazer parte do nosso dia a dia e escolhemos alimentar-nos, não apenas por questões energéticas, mas porque o nosso corpo precisa de se reconstruir e renovar-se diariamente, por questões estruturais.
  • O que costumas sentir mais vezes:
  • Falta de energia ou fome?
  • As tuas ações diárias têm em vista a otimização da tua saúde?
  • Já tinhas pensado neste aspecto? Faz sentido para ti?
Deixa um comentário com a tua resposta!
Obrigada pela tua presença nesse lado e até à próxima semana.
Tranquilamente,
Bela

Como continuar a receber conteúdo de qualidade?

  • Em primeiro lugar, todas as sextas feiras envio para os meus contatos um email com informações e com o resumo do que aconteceu na semana. Se queres receber, clica no atalho abaixo e diz-me em qual dos teus emails queres receber as minhas dicas.
  • Além disso, na plataforma Udemy tenho um curso que te ensina, passo a passo, como podes criar o Teu Estilo Paleo.

Podes encontrar-me, igualmente, nas redes sociais e no YouTube

  • Se queres seguir tudo o que se passa, a Página

Meu Estilo Paleo

é o elo de ligação entre toda a minha presença online.

  • Para um apoio individualizado e especializado, segue a minha página de

Coach e Mentoring

  • Além disso, podes vir fazer parte do nosso grupo no facebook

Grupo Meu Estilo Paleo

  • Queres ter tudo organizado e com um acesso fácil?

Podes seguir o nosso algum no Pinterest

  • Todas as 4ª feiras sai no nosso canal do YouTube um vídeo. Por isso convido-te a te inscreveres no atalho seguinte:

Podes te inscrever aqui