Contar calorias importa?

Contar calorias importa?

Contar calorias ou pesar os alimentos, andar com a balança atrás ou contar pontos… sentir-se aprisionado na hora de comer… versus comer livremente.

Controlar as doses, contar calorias ou comer livremente?

Se pudesses escolher, qual seria a tua opção?

 

________________________________________________

Antes de continuares a ler, para e pensa um pouco. Responde para ti ou comenta a tua escolha.

 

Apesar de tantas recomendações, de tantos ginásios, de tanto desporto, de tantos produtos que se intitulam de saudáveis… a realidade que hoje vimos, quando vamos a um lugar público, é cada vez mais pessoas que estão com excesso de peso. Além disso, todos nós conhecemos pessoas, no nosso grupo de amigos ou na nossa família, que tomam comprimidos para baixar a pressão arterial, que dizem que precisam controlar o colesterol, que são pré diabéticos ou diabéticos tipo II. Há, à volta de cada um de nós, pelo menos uma pessoa com demência ou Alzheimer… e a lista poderia continuar.

 

O que acontece na natureza?

 

Se olharmos para os animais que não são alimentados pelo ser humano, não encontramos nenhum com excesso de peso. As doenças que os podem prejudicar são, essencialmente, infeciosas. Nós também passamos por isso e aprendemos a controlá-las, bendita evolução da medicina!

Provavelmente está na hora de deixarmos a parte instintiva que reside em nós aflorar.

Claramente, o nosso instinto sabe cuidar mais de nós, do que o nosso lado racional, quando se trata de melhorar o nosso físico. Mas o nosso real instinto, o da sobrevivência!

Precisamos de Contar as calorias?

 

Os animais, no seu estado natural, alimentam-se quando têm fome e param quando estão saciados. Não buscam comida emocional, mas usam o mais natural que encontram na natureza. E se nós também pudéssemos fazer o mesmo? Será que resultava?

Fazer dieta está sempre na moda. Ora a das ondas do mar, ora a das montanhas do Sudeste, ora a das estrelas cadentes… (pronto, confesso, tentei inventar nomes para não ferir suscetibilidades, mas se alguma destas existe, digam-se, que invento outro nome mais criativo). Mas há uma semelhança em todas: precisas de controlar o que comes, não podes comer muito, tens que medir, calcular, agitar, fazer o pino e só depois comer… e sair da mesa com fome… No fundo, mandam-nos contar calorias. Sim, a mim também me mandaram…

 

Existe uma solução melhor?

 

Vamos deixar o animal que vive em nós decidir? Esta poderá ser uma opção muito sensata! Mas para confiar no nosso lado animal, teremos que o apresentar ao racional e permitir que este o deixe tomas as decisões certas. O lado animal, por exemplo, não se lança a um balde de gelado por frustração, mas atira-se a um belo churrasco para se nutrir.

Então, na prática, o que podemos fazer?

Comer comida de verdade. Procurar alimentos pela sua riqueza nutricional, não pelo sabor.

Ah, mas e o bolinho, e o pãozinho e o docinho? Sinceramente? Faz o que quiseres! Opta pelo que quiseres. Come o que te apetecer.E deixa-te de tretas!

Mas…

Mas ASSUME a tua opção. Não arranjes desculpas. Deixa as lamechices fora da tua opção. Se escolhes, não esperes que os outros andem sempre atrás de ti a dizer para te focares e a te dar palmadinhas nas costas sempre que traíres as tuas escolhas.

Eu posso ajudar-te!

Sim, se precisares de apoio inicial para tomares as rédeas da tua alimentação, para te ajudar a criares o teu estilo, para te esclarecer e tirar dúvidas, podes continuar por cá, a ler os meus artigos, a ver os vídeos às quartas, a seguir os grupos no Facebook, ou mesmo a entrar no apoio mais personalizado nos grupos do WhatsApp ou nas sessões de Coach e Mentoria individuais.

Mas não te tornes uma pessoa dependente. Conhece-te! Aprende a ler os sinais do teu corpo e Respeita-te.

Eu estarei aqui na próxima semana, até lá, fica bem

Tranquilamente,

Bela

 

Como continuar a receber conteúdo de qualidade?

  • Em primeiro lugar, todas as sextas feiras envio para os meus contatos um email com informações e com o resumo do que aconteceu na semana. Se queres receber, clica no atalho abaixo e diz-me em qual dos teus emails queres receber as minhas dicas.
  • Além disso, na plataforma Udemy tenho um curso que te ensina, passo a passo, como podes criar o Teu Estilo Paleo.

 

 

Podes encontrar-me, igualmente, nas redes sociais e no YouTube

  • Se queres seguir tudo o que se passa, a Página

Meu Estilo Paleo

é o elo de ligação entre toda a minha presença online.

  • Para um apoio individualizado e especializado, segue a minha página de

Coach e Mentoring

  • Se preferires um apoio em grupo pequeno, contata-me pelo WhatsApp: 966 745 162
  • Além disso, podes vir fazer parte do nosso grupo no facebook

Grupo Meu Estilo Paleo

  • Queres ter tudo organizado e com um acesso fácil?

Podes seguir o nosso álbum no Pinterest

  • Todas as 4ª feiras sai no nosso canal do YouTube um vídeo. Por isso convido-te a te inscreveres no atalho seguinte:

Podes te inscrever aqui